24.9 C
Piauí
24 de agosto de 2019
Cidades em Foco
Esportes Geral

Tigres atropela o Internacional e avança à final da Libertadores

Incontestável. O Tigres, do México, está na final da Copa Libertadores da América. Em atuação inspirada e diante de um Internacional completamente abatido, o clube mexicano, do atacante brasileiro Rafael Sobis, venceu os gaúchos pelo placar de 3 a 1, no Estádio Universitario de Nuevo León, em San Nicolás de los Garza, e garantiu a passagem para encarar o River Plate na decisão do torneio mais importante da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol).

Derrotado pelo placar de 2 a 1 no Rio Grande do Sul, o Tigres foi soberano na noite desta quarta-feira. Além de apresentar um time focado, disposto e organizado, o clube mexicano contou com uma noite infeliz do Internacional. Pouco criativo, o clube colorado pecou especialmente no setor defensivo. Desatenções e uma infelicidade de Geferson, autor de um gol contra bizarro no jogo, destinaram o Inter à eliminação.

Além da infelicidade do lateral-esquerdo convocado por Dunga para a Copa América, o Inter viu o Tigres ter uma noite inspirada. Logo com 17 do primeiro tempo, Gignac abriu o placar para os mexicanos. Aos 41min, Geferson marcou contra. Já na segunda etapa, o volante Arevalo Rios, pouco acostumado a aparecer no ataque, anotou o terceiro e definiu o confronto. Lisandro Lopez descontou.

Quem comemora a classificação do Tigres à decisão é o River Plate. Classificado à final depois de segurar um empate por 1 a 1 com o Guaraní-PAR, na última terça-feira, o clube argentino carimbou passagem para disputar o Mundial de Clubes de 2015, independente do resultado da final entre os dois.

Por ser afiliado à Concacaf (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e do Caribe), o Tigres, clube mexicano, não possui o direito de ir ao Mundial via Libertadores. Assim, o River já pode se preparar para viajar ao Japão no final do ano para, caso não haja surpresas encarar o Barcelona.

Somado ao fato de já saber que disputará o Mundial de Clubes, o River Plate acabou beneficiado por outro item no regulamento da Libertadores. A Conmebol exige que o jogo decisivo do torneio seja disputado na América do Sul. Assim, mesmo com a pior campanha da primeira fase, a equipe de Marcelo Gallardo jogará a segunda partida da decisão diante dos millonarios no Monumental de Nuñez.

Antes da partida na Argentina, Tigres e River Plate entram em campo já próxima quarta-feira, quando a equipe de Rafael Sóbis receberá pela segunda vez atual campeão da Copa Sul-Americana; agora, valendo título. Na etapa de grupos, argentinos e mexicanos empataram duas vezes (1 a 1, em Buenos Aires, e 2 a 2, no México).
Fonte: ESPN

Notícias relacionadas

Estados do Nordeste vão criar consórcio para reduzir gastos; veja os detalhes

Junior Oliveira

Em situação de emergência, prefeito gasta 120 mil reais em festa de emancipação de Monsenhor Hipólito

Junior Oliveira

Carro-forte de empresa do Piauí é alvo de bandidos no Maranhão

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais