Ubers fecham terminais de petróleo e gasolina começa a faltar em Teresina

A previsão do Sindicato dos Proprietários dos Postos de Combustíveis do Piauí se confirmou. Já está faltando gasolina na capital. Alguns postos nem chegaram a abrir na manhã desta sexta-feira (25).

Segundo o presidente do Sindicato, Alexandre Cavalcante, os dois terminais de petróleo que atendem à capital estão interditados, o que provocou o desabastecimento. “Se a situação não se resolver rápido, corremos risco de colapso”, alertou.

Alexandre disse ainda que recebeu um telefonema de uma empresária que abastece as ambulâncias da prefeitura, que afirmou não ter combustível suficiente para a demanda. “Ela estava extremamente preocupada porque o caminhão do posto dela está retido na base e ela só tinha mais mil litros de combustível. É uma situação bastante grave”, considerou o presidente.

O empresário afirmou que vários de seus postos já estão sem estoque e que parte dessa situação acontece porque ontem as pessoas decidiram abastecer preventivamente. “A venda de ontem foi o dobro do normal. No geral, gasolina e etanol já estão faltando, diesel ainda tem alguma coisa nos postos”, finalizou.

Terminais fechados

Os motoristas de transporte por aplicativo, principalmente da Uber, fecharam os dois terminais de Teresina e estão impedindo a entrada e saída de caminhões que abastecem os postos de combustíveis. O ato é uma manifestação de apoio à greve dos caminhoneiros, que entra em seu 5ª dia, mesmo após acordo assinado entre o governo federal e a maioria das categorias.A União dos Caminhoneiros não reconheceu o acordo e, por isso, o movimento continua.

A equipe do Cidadeverde.com foi a um dos terminais e constatou a interdição. A informação é de que há pelo menos 30 caminhões carregados de combustível para sair do local e abastecer os postos, mas a saída está bloqueada.

Maria do Rosário Viana trabalha como Uber há 1 ano e 2 meses. Ela disse que quando começou as corridas o valor do litro de gasolina estava a R$ 3,19. Agora, a média é de 4,40. O aumento de quase 50%. “Os lucros reduziram. A carga tributária está altíssima e toda a população está sofrendo, especialmente quem trabalha como Uber, táxi, Mototaxi, todos que dependem da gasolina pra se locomover. A manifestação começou ontem e segue até alguém nos ouvir. Não é só a questão do diesel não, é também o preço da gasolina”, conclui.

Zona Leste 

Um dos postos localizados na Avenida Nossa Senhora de Fátima, zona Leste de Teresina, já não tem combustível de nenhum tipo. E outro só tem gasolina aditivada, mas a previsão é que o combustível deve acabar antes de meio-dia e não tem previsão para chegada de carregamento.

No local, a consumidora Laurenice Sousa disse que já passou por alguns postos, mas estavam lotados. Hoje pela manhã uma das primeiras coisas que fez ao sair de casa para trabalhar foi abastecer o carro para não ficar sem gasolina. Ela afirma que costuma colocar a gasolina comum, mas como está faltando, ela precisou colocar a aditivada.

Por causa da demanda, há postos em que o preço do etanol já subiu e chega a R$ 4,99, mas ainda é possível encontrar por R$ 3,19.

Informações de Carlienne Carpaso, direto do local./ CidadeVerde