23.1 C
Piauí
18 de janeiro de 2020
Cidades em Foco
Geral Polícia

Vereador que integrava quadrilha especializada em roubo a carros-fortes tem mandato cassado

O vereador Reginaldo Gomes Tavares, ex-presidente da Câmara Municipal de Socorro do Piauí, teve o mandato cassado pela Casa por faltar mais de dois terços das sessões plenárias do primeiro semestre deste ano sem apresentar justificativa. O decreto 001/2016 é do dia 7 de maio.

Reginaldo Gomes foi preso no dia 03 de março de 2015, durante a Operação Blindado, acusado de integrar uma das maiores quadrilhas especializada em roubo a carros-fortes do Nordeste, além de outros crimes na região sul do Piauí.

A decisão foi baseada no artigo 113, inciso IV e parágrafo 3º da Lei Orgânica do Município de Socorro do Piauí consubstanciado com o Regimento interno da Câmara Municipal.

No dia 9 de março deste ano, Tribunal de Justiça do Piauí aceitou, por votação unânime, denúncia do Ministério Público do Estado (MPE) contra o ex-vereador e ainda decidiu pela manutenção das prisões cautelares de Reginaldo e dos demais denunciados.

 

 

Do GP1

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais