23.1 C
Piauí
30 de março de 2020
Cidades em Foco
Geral Polícia

Violência dispara e Picos registra três homicídios em menos de uma semana

Picos registra três homicídios em menos de uma semana / Foto: Arquivo pessoal

Em tempos de coronavírus o município de Picos ainda não tem nenhum caso da doença confirmado, no entanto, a violência disparou. Em menos de uma semana foram registrados três homicídios, aumentando para cinco os assassinatos no ano de 2020, uma média de quase dois por mês.

Zeca Urubu foi morto com três tiros ontem a noite/Foto: Polícia.

O último homicídio registrado em Picos aconteceu na noite de ontem, 21 de março, no bairro Boa Vista, em uma rua por detrás da creche.. Um ex-presidiário identificado por Raimundo Nonato Lima, vulgo Zeca Urubu, foi assassinados por volta das 20h45 com ao menos três tiros disparados à quema-roupa.

Zeca Urubu era acusado de vários crimes, dentre os quais assaltos e receptação de produtos de roubo e já tinha sido preso.

De acordo com o major Felipe, comandante do 4º Batalhão Policial Militar, a guarnição foi acionada e se deslocou até o bairro Boa Vista para constatar a veracidade do fato. “Fomos atender a ocorrência, mas quando chegamos ao local, o acusado de cometer o crime já tinha fugido”, detalhou o major Felipe.

Ainda segundo informações do major Felipe, a vítima tinha várias passagens pela polícia pelos crimes de tráfico de drogas e tentativa de homicídio.

 “Como o suspeito fugiu, agora estamos em diligências juntamente com a equipe da Polícia Civil para tentar localizá-lo”, afirmou o comandante do 4º BPM.

Perícia

Cumprindo o que determina a Justiça do Trabalho, o corpo de Zeca Urubu foi transladado para a capital Teresina para perícia no Instituto de Medicina Legal e, somente após os procedimentos de praxe, será liberado para a família providenciar o velório e sepultamento.

Vigia José Francisco Gomes foi encontrado morto no local de trabalho/Foto: Arquivo pessoal.

Outros casos

Dos três homicídios registrados em Picos nessa semana, o primeiro ocorreu na noite de terça-feira, 17, quando o vigia José Francisco Gomes, de 45 anos, foi morto no Centro de Iniciação ao Esporte, localizado no bairro Morada Nova. Nesse caso a Polícia ainda não apontou nenhum suspeito para o crime, que continua um mistério.

Já na madrugada de quinta-feira, 19, o ex-presidiário José Henrique da Silva, vulgo Nego Henrique, de 32 anos, foi perseguido por quatro homens e morto a facadas na praça João de Deus Filho, próximo a Penitenciária Feminina de Picos. Os quatro suspeitos foram identificados e presos.

Nego Henrique foi assassinado com várias facadas/Foto: Arquivo pessoal.

Na noite de ontem, 21, foi morto a tiros o também ex-presidiário Raimundo Nonato Lima, o Zeca Urubu, totalizando três homicídios em Picos em menos de uma semana, um índice considerado alarmante.

FONTE: INFORMA PICOS!

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais