26.3 C
Piauí
14 de agosto de 2020
Cidades em Foco
Geral Polícia

Vítima de graves agressões diz que saiu do Piauí para fugir de agressor: ‘espero que seja preso’

Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano — Foto: Ascom/Sesapi

A mulher que foi agredida com vários golpes na cabeça no último sábado (4), na cidade de Itaueira, disse nesta quarta-feira (8) em entrevista que fugiu do Piauí em dezembro de 2019 para escapar das agressões que sofria do ex-companheiro. O homem está sendo procurado pela polícia da região, suspeito das agressões do fim de semana.

A mulher, que pediu para não ter o nome divulgado, sofreu diversos golpes nas mãos e na região da cabeça com um objeto de ferro. As agressões aconteceram na presença dos dois filhos do casal, duas crianças de 8 e 3 anos.

“Foi tanta pancada que eu fiquei com coágulo na cabeça”, disse.

A vítima contou que viveu com o suspeito da agressão por oito anos. Durante esse tempo, segundo a vítima, ela foi agredida várias vezes por ele. O relacionamento acabou em dezembro, e ela viajou para São Paulo porque, de acordo com ela, estava sendo ameaçada pelo ex-companheiro.

“Ele chegou a ir na casa da minha mãe e mostrou uns cartuchos de espingarda”, contou.

O homem, segundo ela, foi preso duas vezes por posse ilegal de arma de fogo. Na última sexta-feira (3) ela voltou para o Piauí. Na tarde do dia seguinte, sábado (4), o homem foi até sua casa e a agrediu com um objeto de metal.

“Eu só espero que ele seja preso, que ele pague pelo que fez”, disse.

A mulher, que está internada no Hospital Tibério Nunes, em Floriano, segue em observação.

Fonte: G1-PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais