Wellington Dias é condenado pela presença de Lula na propaganda

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) condenou o governador Wellington Dias (PT), candidato à reeleição, e a candidata a vice, Regina Sousa, a multa de R$ 5 mil, cada um, por irregularidades na propaganda eleitoral. A Justiça entendeu que programa eleitoral veiculado na televisão no dia 03 de setembro extrapolou o tempo previsto para a aparição do ex-presidente, Lula (PT), na condição de apoiador.

Segundo a lei eleitoral, a presença de apoiadores na propaganda na televisão e na rádio não pode ultrapassar a cota de 25%. No caso da propaganda do dia 03, o ex-presidente teria aparecido acima do limite previsto.

A assessoria jurídica dos dois candidatos ainda pode recorrer da decisão. A coligação governista “A Vitória com a força do povo” é até o momento a coligação que mais recebeu multas por propaganda irregular.

A ação foi impetrada pela coligação “Resistência pelo Piauí”, que tem como candidato a governador o senador Elmano Férrer (Podemos).  O relator do processo é o juiz auxiliar da propaganda Raimundo Holland.

A reportagem entrou em contato com a assessoria da coligação, que ficou de encaminhar nota. Até o momento da publicação da matéria a resposta não foi encaminhada. O especo continua aberto para esclarecimentos.

Fonte:Lídia Brito / CidadeVerde